ASSESSORIA E CONSULTORIA REAL S/C LTDA (FILIADO AO SESCON/MA)

CONHEÇA NOSSA EMPRESA, OS SERVIÇOS E FAÇA SUA CONSULTA GRATUITAMENTE PELO SITE. CLIQUE AQUI.

Principal
A Empresa Serviços Links Cadastro Fale conosco


Nossos parceiros:


Área exclusiva para clientes Assessoria Real

Login
Senha

 

Artigo
 

Terminologia/nomenclatura utilizada na contabilidade de custos

Weily Toro Machado e Rubens dos Santos

Na Contabilidade de Custos existem várias terminologias que são utilizadas em seu contexto metodológico, destacamos, porém, os mais importantes segundo estudiosos, dentre elas temos, gastos, desembolso, investimento, despesa, perda, custo, diante disso, surge a seguinte indagação. O que são estas palavras e qual o seu significado?

Gastos

Conforme explicita Leone (2000) gastos, é um compromisso financeiro assumido por uma empresa na aquisição de bens ou serviços, o que sempre resultará em uma variação patrimonial seja apenas qualitativa no início e certamente quantitativa em seguida, podendo o gasto ser definido como gasto de investimento, quando o bem ou o serviço for utilizado em vários processos produtivos, e como gastos de consumo, quando o bem ou serviço forem consumidos no momento mesmo da produção ou do serviço que a empresa realizar.

Como se pode observar o termo gasto é conceituado e definido como um consumo de bens e serviços, consumo este que independe do desembolso financeiro, ou seja, o gasto ocorre independentemente do pagamento da despesa, custo ou investimento, este gasto é entendido por alguns doutrinadores como gastos não ativados e gastos ativados, sendo o primeiro, aqueles que são efetivados, porém, se consome no momento de sua aquisição, se tem como exemplo, gasto relativo a custos e despesas. Já o gasto ativado é entendido que são aqueles que para se consumir ou transformar em despesa ou custo primeiro torna-o como parte integrante do ativo da empresa, se podem exemplificar as aquisições de mercadorias para revenda.

Desembolso

Já Hernandez, Martins, Costa, conceituam desembolso, como saídas de dinheiro do caixa ou banco, ocorrendo os desembolsos devido ao pagamento de uma compra efetuada a vista ou a prazo. Ainda citam como exemplo: compra de matéria-prima a vista, pagamento de salário aos funcionários, pagamento de empréstimos bancário, etc.

Desembolso nada mais é do que a saída de valores monetários das disponibilidades da empresa, para fazer frente as suas obrigações, não se confundindo com gasto, que independe da saída de valores monetários.

Investimentos

Lopes de Sá (1999) conceitua em seu Dicionário de Contabilidade que investimento é uma aplicação de valores, considerados também como investimento patrimonial, sendo esse entendido como um emprego de capital destinado, direta ou indiretamente, à obtenção de lucro.

Já a lei 6.404/76 (lei das sociedades por ações) define e classifica investimento como:

“Classificam-se como as participações permanentes em outras sociedades e os direitos de qualquer natureza, não classificáveis no ativo circulante, e que não se destinem à manutenção da atividade da companhia ou empresa”.

Os conceitos referentes a investimentos são bastante amplos, porém, define-se que investimentos são gastos relativos a aquisição de bens do ativo com objetivo de obter ganhos no curto ou no longo prazo.

Perda

Bem ou serviço consumidas de forma anormal ou involuntária, ou seja, é um desaparecimento, extravio, prejuízo, destruição de algo.

Despesa

Entendemos que o termo Despesa é os gastos feitos por determinada empresa para auferir a receita esperada, portanto, este gasto não está diretamente relacionado com a produção, de um bem ou serviço, ou mesmo com o objeto de Prestação de Serviço, ou com a atividade principal desta empresa.

Custo

Para Martins (2003) custos, são os gastos relativos a bens ou serviços utilizados na produção de outros bens ou serviços. Ainda Martins sentencia que custo também é um gasto, só que reconhecido como tal, isto é, como custo, no momento da utilização dos fatores de produção (bens ou serviços), para a fabricação de um produto ou execução de um serviço.

O termo Custo está relacionado com produção de um bem ou serviço, pois, pode-se dizer que Custo no caso das empresas Comerciais, está relacionado com a atividade principal da empresa, portanto, esses custos poderão variar de empresa para empresa, em uma poderá ocorrer um gasto que será considerado como Custo, esse mesmo gasto em outra empresa poderá ser considerado como Despesa.

Foram conceituados os termos mais importantes, e os mais utilizados pela Contabilidade de Custos, e o objetivo é deixar claro que existem várias nomenclaturas utilizadas pela Contabilidade de Custos, e que se interpretadas de forma errônea poderá afetar o trabalho e o objetivo deste ramo da Ciência Contábil, porém, diante das definições apresentadas não é nosso propósito aqui esgota-las, deixa-se claro que existem várias outras definições e conceituações a serem apresentadas e debatidas.

Os autores são professores da Unemat, Depto de Ciências Contábeis, Campus de Cáceres, Mestrando em Gestão de Empresas, pela UAA.

Av. Wenceslau Braz, Bl. 147/149, Fabril, CEP.: 65.020-640, São Luis / MA, Brasil
Fone/fax: (98) 222-4056 / 222-5339 E-mail: real@elo.com.br